Passagem

No lugar do coração,
nasci com algo bem maior no peito:
a solidão.
É o que me cabe...

4 comentários:

J.F. de Souza disse...

Oraora... Quem é vivo... =P

Realmente faz tempo, moça Tanara.

Eu estou realmente parando de escrever no B7C. Mas devo seguir atualizando o EscúchamePorra! (Não sei com que frequência, mas... Apareça por lá qdo quiser!)

http://escuchameporra.blogspot.com

=*

J.F. de Souza disse...

mas não te basta, não é mesmo?

contador de histórias disse...

sabe?

contador de histórias disse...

cadê a sua poesia?
Tenho saudade dela e de vc... ela te torna mais próxima!